A Eve, subsidiária da Embraer voltada para a Mobilidade Aérea Urbana (da sigla UAM em inglês), anunciou nesta quinta-feira (23) mais um acordo para seu projeto de eVTOL. Desta vez a parceria foi fechada com a empresa Bristow Group, do Texas.

A Bristow é uma das maiores operadoras de aeronaves rotativas do mundo e se interessou em adquirir até 100 aeronaves elétricas da Eve a partir de 2026.

O Memorando de Entendimento assinado por elas, no entanto, é mais extenso e inclui o desenvolvimento de um certificado de operador aéreo para aeronaves eVTOL.

“Esse memorando de entendimento estratégico prevê o desenvolvimento contínuo de um modelo abrangente de UAM entre Bristow e Eve para um eVTOL que pode, potencialmente, remodelar o mercado para todos os voos verticais elétricos com emissões de zero carbono e custos operacionais mais baixos. Isso nos permite expandir nossa experiência para fornecer uma opção sustentável, inovadora e eficiente em novos mercados finais potenciais”, disse o presidente e diretor executivo da Bristow, Chris Bradshaw.

“A parceria com a Bristow, combinada ao nosso histórico de trabalhos conjuntos com a Embraer, reúne organizações confiáveis e inovadoras com mais de 125 anos de experiência, unindo aviação e presença em vários países. Estamos honrados pelo fato de a Bristow ter escolhido nossa plataforma eVTOL e, juntas, nossas equipes desenvolverão as estruturas e operações robustas necessárias para criar uma indústria de UAM acessível, escalonável, sustentável e segura”, afirmou Andre Stein, Presidente & CEO da Eve.

Fonte: Airway 23/09/2021

  : aviacao-geral, brasil, internacional