No próximo dia 8 de novembro, a Eve Air Mobility, da Embraer, vai iniciar um simulado de Mobilidade Aérea Urbana (UAM), no Rio de Janeiro, com o intuito de integrar o serviço ao espaço aéreo brasileiro.

Por ora, um helicóptero será utilizado no procedimento, que será acompanhado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), e faz parte de um conceito de operação (Conops) iniciado em agosto deste ano.

A avaliação de todo o ecossistema e os principais conceitos relacionados à experiência de uma operação futura vai ocorrer ao longo de um mês, com seis voos diários, a um custo mais acessível que a operação de um serviço de helicóptero convencional. A simulação considera valores próximos ao que se espera para uma operação com uma aeronave elétrica de pouso e decolagem vertical (eVtol) no futuro.

“A simulação no Rio de Janeiro, uma das cidades com mais congestionamento no Brasil e no mundo, nos ajudará a levantar as reais necessidades dos usuários, parceiros e comunidade que irão se beneficiar das nossas soluções de mobilidade”, segundo o CEO da Eve, André Stein.  

A partida se dará no Centro Empresarial Mário Henrique Simonsen, na principal avenida da Barra da Tijuca, Zona Oeste da capital fluminense, com destino ao aeroporto internacional do Galeão (GIG). As passagens estão à venda nas plataformas oficiais da empresa de aviação executiva Flapper.

Fonte: Aero Magazine 26/10/2021

  : aviacao-executiva, aviacao-geral, brasil