Alta (Associação Latino-Americana e do Caribe de Transporte Aéreo), Idac (Instituto Dominicano de Aviação Civil) e Asca (Academia Superior de Ciências Aeronáuticas) assinaram hoje (23) um memorando de entendimento assegurando o comprometimento das três partes em trabalhar juntas organizando iniciativas que promovam o desenvolvimento da aviação na região da América Latina e do Caribe.

Como parte deste acordo, as partes promoverão o desenvolvimento e divulgação de programas e cursos educacionais, bem como a pesquisa e publicação de informações estatísticas e tendências em questões de segurança, que promovam o desenvolvimento sustentável do transporte aéreo.

“Temos a honra de receber entre nossos aliados a Academia Superior de Ciências Aeronáuticas, instituição de longa trajetória especializada em programas de treinamento aeronáutico, e de continuar fortalecendo os laços com o Instituto Dominicano de Aviação Civil em prol do desenvolvimento de iniciativas benéficas para o a aviação civil e seus usuários ”, disse o diretor-executivo e CEO da Alta, José Ricardo Botelho.

O diretor do Idac, Román E. Caamaño, destacou que o novo protocolo permite a unida de forças no propósito comum de desenvolver programas de formação para a profissionalização dos recursos humanos na região.

Por meio das disposições deste acordo as ações querem organizar ações de desenvolvimento da indústria na região da América Latina e do Caribe, a Asca oferecerá aos associados da Alta descontos especiais em seus programas e cursos.

Fonte: Panrotas 

  : aviacao-comercial, brasil, internacional